Carta de Salvador

Em 5 de junho de 2023, a Federação Brasileira de Jornalistas e Comunicadores de Turismo torna pública sua CARTA DE SALVADOR, resultado do I Congresso da Febtur de Jornalistas e Comunicadores de Turismo, realizado em Salvador de 1 a 3 de junho do presente ano.

A causa mater da criação, em outubro de 2021, em Alter do Chão – Santarém (PA) da Febtur é a manutenção da democracia e o exercício livre da profissão do jornalista do segmento econômico de Turismo e Viagens.

Vivíamos uma pandemia global e, com ela, muitas mudanças, transformações de hábitos. Tivemos que nos reinventar. Novos companheiros chegaram, outros partiram, mas a resiliência e vontade de criar algo no que nos representasse persistiram.

A semente plantada em solos tapajônicos floresce. Em um ano e meio, a Febtur tem acolhido novos federados e nesta data congrega filiados nos estados do Acre, Amazonas, Amapá, Pará, Roraima, Goiás, Rio de Janeiro, Tocantins, Alagoas, Paraíba, Sergipe, Rio Grande do Norte, Bahia, São Paulo e Rio Grande do Sul.
Em nosso I Congresso resgatamos a legitimidade da criação de uma federação de profissionais que respeita o estado democrático de direito com a prevalência do respeito aos direitos fundamentais.  São princípios básicos inegociáveis da Febtur a ética, a transparência, o respeito e a modernidade.

Em nosso I Congresso, diante das profundas desigualdades sociais do país, a economia do turismo deve manter-se mais do que nunca a geradora de frentes de trabalho, renda e salário, e nós como jornalistas e comunicadores devemos primar no exercício social da comunicação, não falando de nós mesmos, mas colocando esses trabalhadores em evidência, devolvendo-lhes a autoestima, o amor próprio e a força para continuar.

Em nosso I Congresso decidimos ser uma Federação de profissionais capazes de nos reinventar, abertos à novas tecnologias como a Inteligência Artificial e seus subprodutos e nos modernizar e aperfeiçoar tornando essas ferramentas como aliadas e não inimigas.

Em nosso I Congresso realizado em Salvador, a cidade onde os matizes africanos se convergem com uma energia inexplicável, a força étnica, racial e cultural da primeira Capital do Brasil posicionaram-se e mostraram seu poder diante dos séculos de opressão, diante da indiferença fruto do racismo e do medo e que foi até pouco tempo reforçado por grandes veículos de comunicação, considerando tudo isso correto e inquestionável.

Nosso I Congresso foi um sucesso pleno de êxito e devemos isso ao apoio institucional dos Governos do Estado, do Município de Salvador e de empresas do nosso meio. Só nos resta retribuir.

A Febtur e seus congressistas saem de Salvador fortalecidos com esse poder que emana de seu povo e em nome desta pluralidade e diversidade como jornalistas e comunicadores, seremos seus embaixadores em outras partes do Brasil.

Gorgônio Loureiro,
Presidente da Febtur Naciona

LEIA TAMBÉM

COMENTÁRIOS

DEIXE SUA OPINIÃO

POR FAVOR, INCLUA SEU COMENTÁRIO
POR FAVOR, INCLUA SEU NOME