Estância de Taquaruçu Grande apresenta pinturas rupestres e culinária afetiva

 Por Marco Túlio Tavares

 Em matéria de turismo, Palmas não para de surpreender! Após a estruturação de suas cinco praias, da expansão da prática de esportes náuticos, incluindo a pesca esportiva, do turismo gastronômico e do “boom” de novos atrativos e empreendimentos em Taquaruçu, chega a vez da região de Taquaruçu Grande mostrar seu valor!

 É isso mesmo, a caminho do Parque Estadual do Lajeado, seguindo pela TO 020, chácaras e estâncias rurais estão abrindo suas porteiras para que visitantes percorram trilhas, mergulhem em cachoeiras e ribeirões e desfrutem da culinária típica tocantinense.

 A Federação Brasileira de Jornalistas e Comunicadores do Turismo do Tocantins (Febtur/TO), ao cumprir seu propósito de divulgar e oferecer consultoria técnica a novos empreendimentos foi recebida, nos dias 3 e 4 de dezembro, pela Família Bucar, quando conheceu a Estância Marina, um dos pontos turísticos que começam a fervilhar graças ao envolvimento da comunidade de Taquaruçu Grande ao disponibilizar mais um produto turístico de experiência, desta vez na perspectiva rural.

 Na casa com aconchego familiar, os visitantes são agraciados por um soberano café da manhã, almoço e trilhas, que permitem um banho no encontro das águas dos córregos Macacão e Taquaruçu Grande. O visitante disposto a subir a serra pode se deslumbrar com o Sítio Arqueológico do Paredão, com pinturas rupestres já reconhecidas pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). Ah, é preciso destacar os premiados doces da Marina Bucar, vencedores do Prêmio Gastronômico de Taquaruçu. A cereja do bolo do passeio.

 Os integrantes da comitiva da Febtur Tocantins ficaram entusiasmados com a oportunidade turística, como explica a presidente da federação tocantinense, Seleucia Fontes. “Taquaruçu Grande tem grande potencial para o turismo de experiência e rural. Já conta com alguns empreendimentos e a Febtur é parceira na divulgação da região. Começar nossa série de visitações pela Estância Marina e poder colaborar com nosso estímulo e sugestões foi uma grande alegria”, comemorou, propondo uma série de visitas às propriedades locais ao longo de 2023. “Vamos conversar com a Agência de Turismo e o Sebrae Tocantins para desenvolver o projeto Conheça Taquaruçu Grande”, afirmou.

 Rota turística

 Taquaruçu Grande, encravada na Serra do Lajeado, é a rota do turismo rural de Palmas, bela e surpreendente. “Experimente belezas, viva experiências, recomenda slogan do Destino Taquaruçu, cada vez mais frequentado. Taquaruçu Grande integra o mesmo destino, se apresenta como um lugar de características singulares, que guarda um pouco da tradição da região que abriga as origens de Palmas. Oferta experiências marcantes e inesquecíveis. Um recanto de serra cercado de natureza, de águas cristalinas, uma gastronomia que mistura tradição e contemporaneidade.

Do alto da serra, a cerca de 1 km da sede da Estância, é possível ver o Lago de Palmas_Marco Jacob

 Estância Marina

 Localizada no Km 16 da Rodovia TO 020, sentido Aparecida do Rio Negro, a propriedade oferece turismo de experiência e gastronomia afetiva. O empreendimento oferece dois produtos: Café Rural e Trilha do Paredão. A trilha tem extensão de 2,5 km (ida e volta), nível médio e oferece uma paisagem deslumbrante, passando por mata, cerrado, mirante que permite uma vista de Palmas com o lago ao fundo. O ponto alto é possibilidade de visitar o Sítio Arqueológico do Paredão que conta com 200 metros de pinturas rupestres.

 O empreendimento é tocado pela família que trabalha unida para oferecer vivências ecológicas e experiências gastronômicas afetivas. “Temos o maior prazer em compartilhar  um pouco das nossas vivências, de um contato harmonioso com a natureza, buscando reduzir impactos e adotando práticas sustentáveis, preocupação presente em todas as nossas atividades”, destaca Libânia Ferreira, responsável pelo Café Rural. Libânia enfatiza que oferecer comida que remete ao sabor de casa de avó é uma enorme satisfação.

Marina apresentou dois doces criados para festivais gastronômicos_Seleucia Fontes

 Caminhos do fogo

 Os empreendedores de Taquaruçu Grande resolveram se unir para combater uma das grandes ameaças ao desenvolvimento do turismo, as queimadas. A ideia é a abertura de aceros que evitam a propagação do fogo e ao mesmo tempo podem ser usados como em trilhas interligando empreendimentos que fazem parte do polo turístico.

 As trilhas aceradas seguem as recomendações do Manejo Integrado do Fogo (MIF) com apoio de brigadas e dos proprietários. “Essa experiência tem dado bons resultados. Temos encontrado mais facilidade para combater às queimadas e temos mais áreas aceradas, dentro de um conceito correto de manejo do fogo”, explica Ruy Bucar, jornalista e empreendedor.

 Ainda em construção, com a previsão de chegar a 20 km de trilhas, a proposta da rota Caminhos do Fogo nasceu na Governança do Polo Turístico de Taquaruçu e tende a ser ampliada, com um modelo que une oferta de produto turístico e aumento da proteção ambiental.

Trilha leve até encontro de dois rios é uma das atrações da Estância_Seleucia Fontes

LEIA TAMBÉM

COMENTÁRIOS

DEIXE SUA OPINIÃO

POR FAVOR, INCLUA SEU COMENTÁRIO
POR FAVOR, INCLUA SEU NOME